*

Informativo HUGO

Preencha os campos abaixo e receba o Informativo do HUGO em seu email.

Hugo nas redes sociais

Governador do Ceará visita HUGO

< Voltar

O Governador do Ceará, Camilo Santana (PT), visitou na manhã do dia 26, sexta-feira, o Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO). Na sua comitiva estavam o Presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zezinho Albuquerque, o Procurador-Geral de Justiça Juvêncio Viana, o Presidente do Tribunal de Contas do Estado, Edilberto Lima, o Secretário de Saúde do Estado, Henrique Javi; o Secretário de Educação, Maurício Holanda, e o Secretário da Casa Civil, Alexandre Landim.

Acompanharam o governador o Secretário de Saúde Goiás, Dr. Leonardo Vilela, o deputado estadual Lincoln Tejota, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Sebastião Tejota, e as Diretoria do HUGO e do Instituto Gerir.

visita-do-governador-do-ceara-com-paciente-do-hugo

A visita da comitiva cearense teve por objetivo conhecer de perto os avanços alcançados pelos hospitais administrados por organizações sociais em Goiás. Para o governador Camilo Santana, sua vinda, juntamente com o Ministério Público, Tribunal de Contas e Secretariado foi para quebrar o preconceito que ainda existe em seu Estado com as Organizações Sociais (OS). O governador declarou estar impressionado pelo controle, fiscalização, qualidade dos serviços de atendimentos e, principalmente, com a gestão
O Secretário de Saúde, Leonardo Vilela, disse ser a décima terceira comitiva que Goiás recebe, e seis dentre elas tiveram seus governadores na liderança, e todos saíram com ótima impressão e o desejo de implantar esse modelo de gestão em seus Estados. A nossa experiência, de se fazer mais com os mesmos recursos, tem servido para estruturar novos modelos de saúde em outros locais do Brasil.

Visita do Governador do Ceara
O diretor do HUGO, Dr. Ciro Ricardo Pires de Castro, disse que a mudança da gestão do hospital para uma Organização Social possibilitou algo muito importante: a autonomia para fazer a grande transformação no hospital. Lembrou que “há quatro anos o hospital estava às vésperas de ser fechado, por causa do sucateamento total de toda a sua estrutura; mas renasceu das cinzas”.

Fonte: Equipe de Mídias Sociais do HUGO