Notícias
Notícias

Perda de consciência


(05.11.2018) –  quais as causas e quais os melhores procedimentos para um procedimento de emergência

Uma perda de consciência pode acontecer com qualquer pessoa, devido a um desmaio rápido. As causas são inúmeras, as vezes um simples estresse excessivo pode causar um desmaio com perda de consciência.

Como acontece a perda de consciência

O desmaio pode ocorrer de forma abrupta ou gradual. A vítima fica imóvel e pálida, não reage ao barulho ou estímulos dolorosos. A duração da perda de consciência é geralmente inferior a um minuto. Quando tem uma duração maior do que esse tempo, deixa de ser uma perda de consciência e começa-se a falar de coma. As razões de uma perda de consciência são diversas. Pode ser devido a uma asfixia, uma eletrocussão,um traumatismo craniano, uma hemorragia grave, uma desidratação, à doenças cardíacas, ataques epilépticos ou ao uso de certos medicamentos. Uma síncope vagal é a causa mais comum. Essa síncope é uma sobrecarga do nervo envolvida no controle da respiração e da circulação do sangue. Isso não é grave, ocorre em situações de estresse ou dor severa e não precisa de tratamento. Incorporado rapidamente após um período prolongado no leito pode levar à chamada hipotensão ortostática, que é também uma causa comum de desvanecimento. Nesse caso, a perda de consciência ocorre devido à acumulação de um grande volume de sangue nas extremidades, em detrimento do resto do corpo.

Diante de um caso de perda de consciência, siga estes passos para ajudar a vítima:

Peça ajuda ligando para o socorro médico. Deite a vítima em um lugar tranquilo e arejado, desabotoe sua roupa na altura do pescoço, do peito e da cintura. Verifique a respiração. Se estiver normal, coloque a vítima deitada com a barriga para cima ou na posição lateral de segurança. Verifique o pulso. Quando ela estiver consciente, tranquilize-a e levante-a com cuidado até que fique na posição sentada. Caso de parada respiratória, comece o procedimento da respiração boca a boca, e se o pulso não for perceptível, inicie também a massagem cardíaca.



Comente este post