Facilitadoras do Hospital Moinho dos Ventos troca informações com profissionais do Hugo

Facilitadoras do Hospital Moinhos de Ventos, um dos idealizadores do programa, vão à unidade do Governo de Goiás para diagnóstico final dos planos propostos

Durante a Semana de Segurança do Paciente, o Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) recebeu, nos dias 17 e 18 de maio, a visita técnica do Projeto Paciente Seguro (PPS), desenvolvido pelo Hospital Moinhos de Vento, em parceria com Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS).

As facilitadoras do Hospital Moinhos de Ventos Verônica Faria e Marina Gassen fizeram a visita de diagnóstico final para avaliar os planos propostos para a unidade do Governo de Goias, onde sete equipes participaram do projeto, trabalhando as metas internacionais para a segurança do paciente. No decorrer das ações, foram realizadas atividades efetivas que contribuem e garantem os protocolos de segurança do paciente.

De acordo com o coordenador do Núcleo da Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP) do Hugo, Sheldon Feitosa, o projeto no hospital e a implantação de boas práticas focadas nas seis metas de segurança. “O paciente seguro visa realizar um trabalho em equipe para promover uma experiência segura e de qualidade ao paciente”, explica.

O coordenador destaca que o Projeto Paciente Seguro aumenta a cultura de segurança do paciente dentro da unidade, cumprindo as seis metas de segurança, que são: identificar o paciente corretamente; melhorar a eficácia da comunicação; melhorar a segurança dos medicamentos de alta-vigilância; assegurar cirurgias com local de intervenção correto, procedimento correto e paciente correto; reduzir o risco de infecções associadas a cuidados de saúde e reduzir o risco de danos ao paciente decorrente de quedas.

Após a visita, ao NQSP do Hugo ofereceu um coffee break para as facilitadoras e o os líderes dos times participantes do projeto

Importância da aprendizagem
O Projeto Paciente Seguro destaca a importância da aprendizagem com o ambiente para promoção de práticas inovadoras e de disseminação da cultura organizacional, por meio de ferramentas sistematizadas e implantação de normas e políticas. O objetivo é desenvolver ações que melhorem os processos assistenciais, administrativos e gerenciais.

Julianna Adornelas (foto e texto)/Instituto CEM

Ajustar fonte