Atividade visa promover troca de conhecimento e experiência entre palestrantes e o público da unidade do Governo de Goiás

O Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) realiza, nesta segunda e terça-feira (6 e 7/12), no auditório da unidade do Governo de Goiás, a 6ª Jornada Científica das Residências Médica e Multiprofissional. Com o tema Gestão em serviços hospitalares, o evento é promovido pela pela Diretoria de Ensino e Pesquisa (DEP), Comissão de Residência Multidisciplinar (Coremu) e Comissão de Residência Médica (Coreme).

A Jornada Científica do Hugo aborda, na versão 2021, a gestão da urgência e emergência. O evento oferece mais de 15 atividades com temas como medidas de prevenção e controle de infecções, protocolos de atendimento ao paciente no Hugo, liderança, bioética, gestão hospitalar, entre outros.  De acordo com a coordenadora da Coremu, Lucila Stoppa, este momento é projetado para promover a intensa troca de conhecimento e experiência entre os palestrantes e o público, bem como divulgar as ações de gestão que objetivam a excelência no atendimento ao usuário do Hugo.

“Este ano, escolhemos o tema gestão em serviços hospitalares, pois consideramos oportuno para o nosso evento. As residências preconizam a formação de profissionais competentes, entendendo a competência como capacidade de mobilizar diferentes recursos para resolução de problemas da atividade profissional. Esses recursos envolvem conhecimentos, habilidades e atitudes”, afirma

“Para que isso aconteça, entendemos que existem três pilares importantes: a atenção à saúde, a educação na saúde e a gestão em saúde. Essa formação global faz com que o profissional de saúde residente atinja a competência necessária à formação completa para o bom atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS) e seus usuários”, explica.

A palestra de abertura abordou o tema Liderança e gestão em serviços hospitalares: uma visão filosófica e foi ministrada pelo fisioterapeuta e tutor de residência multiprofissional do Hugo, Giulliano Gardenghi. Em sua apresentação, o profissional falou sobre elementos relacionados à gestão e liderança corporativa no ambiente hospitalar, associando aos aspectos da bioética, da capacidade do gestor de discernir conceitos sobre certo e errado e escolher o melhor caminho de assistência ao paciente.

“O intuito da palestra é fazer com que os participantes possam refletir sobre decisão, baseados no que é justo e no que há de melhor, com os recursos financeiros disponíveis. Com isso, atingir o objetivo de prestar uma assistência à saúde administrando aspectos de liderança, de equipe e realizando as melhores escolhas para administrar, evitando escolhas com base em valores pessoais e não apenas em valores que devem ser norteados pela instituição na sua missão”, acrescentou.

Residências multiprofissional e médica

No Hugo, a Residência Médica forma profissionais nas áreas de clínica médica, ortopedia (reconhecido também pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia –
Sbot), Neurologia, Terapia Intensiva, Cardiologia, Anestesiologia, Geriatria, Cirurgia Geral, área Cirúrgica Básica e Trauma. Além de permitir uma especialização de qualidade com treinamento e supervisão reconhecidos nacionalmente, o programa amplia a quantidade de atendimentos e melhora o serviço prestado à população.

Já na Residência Multiprofissional, a Coremu do Hugo abarca dois programas: Residência Multiprofissional em Urgência e Trauma nas áreas do serviço social, psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, enfermagem, nutrição e farmácia e o Programa de Residência em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial. São 23 vagas anuais colocadas à disposição pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) para ingresso de profissionais a esses programas, totalizando 48 residentes por ano entre R1, R2 e R3.

Fonte: Site da SES-GO

Ajustar fonte