Unidade do Governo de Goiás é uma das 18 instituições nacionais que participam do projeto, desenvolvido pelo Hospital Moinho dos Ventos, em parceria com o MS

O Hospital Estadual de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) recebeu, na terça e quarta-feira (14 e 15/12) a visita técnica do Projeto Paciente Seguro (PPS), desenvolvido pelo Hospital Moinhos de Vento, em parceria com Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). A unidade de saúde do Governo de Goiás é uma das 18 instituições do País que participam do projeto.

Representantes do Hospital Moinhos de Ventos Daniela Cristina dos Santos, Fernanda Dados Stedile e Verônica Alacarini fizeram a visita para conhecer o andamento dos planos propostos para o Hugo, onde sete equipes participam do projeto trabalhando as metas internacionais para a segurança do paciente.

No decorrer das ações, são realizadas atividades efetivas que contribuem e garantem os protocolos de segurança do paciente. No Hugo, o time que mais se destacou foi o de higienização das mãos, representado pela UTI 2, regido pelo coordenador Carlos Melo e Enfermeiro Êdys Júnior.

De acordo com a enfermeira Natália Reis, do núcleo de qualidade do Hugo, o intuito da visita é acompanhar o andamento do projeto no hospital e a implantação de boas práticas focadas nas seis metas de segurança. “O paciente seguro tem foco no trabalho em equipe para promover uma experiência segura e de qualidade ao paciente”, explica.

A profissional ressalta que a essência da parceria é intensificar os processos de atendimento do Hugo, tornando a unidade mais segura, tendo em vista as metas internacionais para a segurança do paciente, que são: identificação segura do paciente, comunicação efetiva, cirurgia segura, uso, prescrição e administração de segura de medicamentos, higiene das mãos e prevenção de quedas e lesões por pressão.

Aprendizagem

O Projeto Paciente Seguro destaca a importância da aprendizagem com o ambiente para promoção de práticas inovadoras e de disseminação da cultura organizacional, por meio de ferramentas sistematizadas e implantação de normas e políticas.

O objetivo é desenvolver ações que melhorem os processos assistenciais, administrativos e gerenciais dos hospitais do SUS – com enfoque na avaliação, auditoria e no monitoramento contínuo de processos, visando ainda a redução de custos, a partir do gerenciamento consciente dos recursos humanos e materiais.

Ajustar fonte